Visitantes Online:  11

Home Page  
 
 
 
     
  « Voltar  
 

 

 
 
COMO MELHOR LEVAR A MENSAGEM DE A. A. AOS JOVENS 25/09/2016 - 13:25
COMO MELHOR LEVAR A MENSAGEM DE A. A. AOS JOVENS: O DESAFIO DO PROGRAMA DE DOZE PASSOS COM OS JOVENS
Piet V. Z. – Holanda
Olá, meus queridos companheiros de A. A. Meu nome é Piet van Zwanenburg. Eu sou um alcoólico e membro de um grupo de A. A. em Maastricht, Holanda. A minha tarefa é apresentar uma palestra com o seguinte tema: “O desafio do Programa de Doze Passos com os jovens”
Este tema é um grande desafio para mim. Eu venho compartilhando sobre este tema com muitos do meus companheiros de A. A., e todos eles voltam ao passado e lembram da própria juventude, quando eles caíram nas garras do álcool. Alguns deles não sabiam da existência de A. A. e nem do Programa de Doze Passos.

A maioria deles ficou ingerindo bebida alcoólica até chegarem ao fundo do poço. Alguns com vinte e cinco anos de idade, outros com quarenta anos ou mais de idade. Como acontece com cada um de nós, cada qual teve suas razões específicas para iniciarem a beber e sentiram os efeitos de forma diferente. E como não poderia ser diferente, meus amigos e eu não pensávamos em parar de beber.

Na Holanda, naquela época, A. A. era desconhecido, embora a Irmandade já exista lá há 65 anos. Com certeza, não foi fácil para os membros de A. A. no início, enfrentando críticas de políticos, profissionais da medicina, médicos de família e da imprensa.

A Holanda teve um grande crescimento no número de crianças depois da 2ª. Guerra mundial. E o país cresceu economicamente e socialmente. O mercado de bebida alcoólica floresceu, fazendo suas vítimas. Muitos começaram a descobrir seu problema com a bebida somente com idade avançada, pois inicialmente negavam.

O ato de beber se tornou um comportamento social aceitável. Nossos pais não pensavam daquela maneira, pois já tinham observado a destruição da 2ª. Guerra mundial, quando a vida na Holanda não era fácil, com muito sofrimento devido a pobreza e a miséria. Poucos, na verdade, compreendiam o risco que a bebida alcoólica poderia trazer para nós.
É por isso que a mensagem de A. A. pode ser levada para a Holanda, principalmente nas partes protestantes e de outras religiões.

O grande desafio na Holanda hoje em dia é levar a mensagem aos jovens, uma geração criada por pais que sempre ingeriam muita bebida alcoólica, e que não estão em condições de criticar o consumo excessivo de bebidas de seus filhos, haja vista que os próprios pais deram o mau exemplo.

Apenas recentemente os efeitos do Programa de recuperação de A. A. foram levados mais a sério, devido aos resultados positivos. Apresentados pelos membros mais antigos de A. A. A Holanda sofreu muito com a tolerância ao abuso de drogas “leves”, o que abriu caminho para que as pessoas fossem vítimas de outras drogas. Isto também resultou no surgimento de muitas clínicas, com um preço bastante elevado, mas sem apresentar resultados satisfatórios aos pacientes, haja vista que após o tratamento, os pacientes não tinham um acompanhamento e ficavam desamparados.

As coisas têm mudado um pouco, embora as clínicas ainda sejam um mercado promissor na Holanda. Existem aproximadamente 15 clínica no país e novas clínica ainda estão sendo abertas.
Os médicos de família, que são os primeiros a observar os problemas do álcool, estão enviando os seus pacientes para as clínica. Algumas dessas clínica já utilizam o programa de recuperação de A. A., e depois do tratamento recomendam aos pacientes procurar um grupo de A. A. no país.

Alguns jovens que estiveram internados nas clínicas, quando chegam a um grupo de A. A. entram em conflito e não aceitam o programa de Doze Passos.
O C T O está fazendo o que pode para tentar melhorar a cooperação com estas clínicas de recuperação. Mas isso não é uma tarefa fácil, devido a interesses diversos. Estamos também levando informações sobre A. A. às escolas de ensino médio e universidades.

O vídeo da estrutura de A. A. da Irlanda expressa isso muito bem: A. A. é um programa de atração. Ai está o maior desafio em levar a mensagem aos jovens na Holanda. Como podemos atrair os jovens e informá-los sobre A. A.? O que podemos fazer é nos esforçar ao máximo para atingir esse objetivo.
Eu agradeço a vocês pela atenção e aguardo os seus comentários sobre esta palestra.

(Fonte: Relatório Anual de Alcoólicos Anônimos do Brasil – XXXIX Conferência de Serviços Gerais – Páginas: 160 e 161)